TEDx_logo_sydney_022309
Noticias
Sobre o TED: Idéias que merecem ser espalhadas

O TED surgiu em 1984 como uma conferência anual na Califórnia e já teve entre seus palestrantes Bill Clinton, Paul Simon, Bill Gates, Bono Vox, Al Gore, Michelle Obama e Philippe Starck. Apesar dos mil lugares na platéia, as inscrições esgotam-se um ano antes. Cerca de 500 das palestras estão disponíveis no site do evento […]

Postado 31/07/2015 às 20h07 Atualizado em 11/08/2015 às 10h08

O TED surgiu em 1984 como uma conferência anual na Califórnia e já teve entre seus palestrantes Bill Clinton, Paul Simon, Bill Gates, Bono Vox, Al Gore, Michelle Obama e Philippe Starck. Apesar dos mil lugares na platéia, as inscrições esgotam-se um ano antes. Cerca de 500 das palestras estão disponíveis no site do evento e já foram acessadas por mais de 50 milhões de pessoas de 150 países. A cada ano a organização elege um pensador de destaque e repassa a ele 100 mil dólares para ele que possa realizar “Um Desejo que Vai Mudar o Mundo”. Com essas 4 ações, TED Conference, TED Talks, TED Prize e TEDx a organização pretende transformar seu mote “ideias que merecem ser espalhadas” cada vez mais em realidade. “Acreditamos apaixonadamente no poder das ideias para mudar atitudes, vidas e, em última instância, o mundo”, dizem os organizadores do TED. Nós também. E você?

Sobre o TEDx São Paulo
O que o Brasil tem a oferecer ao mundo agora?

No espírito das ideias que merecem ser espalhadas, o TED criou o programa chamado TEDx. O TEDx é um programa de eventos locais, e organizados de forma independente, que reúne pessoas para dividir uma experiência ao estilo TED. O TEDx São Paulo é uma conferência sem fins lucrativos que reunirá mais de 30 pensadores de áreas de conhecimento tão diversas quanto arte e tecnologia, ciência e negócios, para falar sobre suas melhores ideias em palestras com duração de 5 ou 15 minutos. O tema desta primeira edição do evento será: O que o Brasil tem a oferecer ao mundo hoje? O TEDx São Paulo acontecerá no dia 14 de novembro de 2009 e será gratuito.

CHEGA DE INGENUIDADE

Nós trabalhamos na maior rede de televisão do Brasil, onde um programa pode ser visto por 100 milhões de pessoas.
Em todas as séries que produzimos, viajamos por lugares que ninguém procurou e mostrávamos pessoas também invisíveis até então.

Logo percebemos que a TV já não espelhava o que realmente era popular. Uma enorme indústria independente produzia CDs, DVDs, SHOWS , com as músicas de maior sucesso do país, totalmente a revelia da mídia oficial.

Começamos então a desenvolver um projeto chamado Central da Periferia para mapear esse fenômeno tão impressionante. Ele revelou a potência do Funk Carioca, das festas de aparelhagem em Belém e do Forró eletrônico fenômeno no norte e nordeste.

No ano seguinte partimos para a periferia de grandes cidades mundo afora suspeitando que isso não acontecia apenas no Brasil, e ficamos ainda mais impactados com a força da nova produção cultural planetária como o Kuduro de Angola, o Coupée de Decallé de Paris, da Costa do Marfim e Sonideros (festas de música eletrônica) Mexicanos.

O mais estarrecedor é que estas não são latências tendências tímidas e sim enormes indústrias com importância econômica e cultural gigantescas, mesmo assim, são totalmente negligenciadas, ignoradas, e estigmatizadas tanto pela economia e mídia oficiais, quanto pelas instâncias que legitimam o que é cultura e o que é popular.

As políticas culturais, mesmo as mais bem intencionadas quando não ignoram, sentem até repugnância e lutam para que esses poderosos agentes culturais abandonem estas práticas tão inovadoras (que absorvem uma velocidade estonteante as mais novas tecnologias) e o que é pior tentam impor sua verdade cultural, oferecendo sempre produtos com uma visão ingênua e preconceituosa do que seria a Tradição ou Qualidade.

Thank You!!!